DESISTÊNCIA

Sonhos se esvaiam

Restam dias solitários

Dor e angustia escravizam

Coração despedaçado

 

Nada mais faz sentido...

O trabalho não foi suficiente

As tentativas não foram suficientes

O acreditar não foi suficiente

 

Adaga cravada na alma

Sangra desilusões pelas veias

Fracassos sufocam a voz

Emergem dias vazios

 

Nada mais faz sentido...

O trabalho não foi suficiente

As tentativas não foram suficientes

O acreditar não foi suficiente

 

Tantas vidas misturadas

Tantas delas esquecidas

Nada mais faz sentido...        

 

Copyright © 2019 - Todos os Direitos Reservados à Marcela Re Ribeiro - Reprodução Proibida

LIVROS DA AUTORA

To play, press and hold the enter key. To stop, release the enter key.